Assinar ECO News |

Sistema SAMU, da ECO Sistemas, atende 377 mil pessoas, em 2014

sistema_samu_ecoO SAMU 192 é um produto da ECO Sistemas utilizado pelos municípios fluminenses do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Baixada Fluminense (CISBAF, com 12 municípios integrantes: Belford Roxo, Duque de Caxias, Itaguaí, Japeri, Magé, Mesquita, Nilópolis, Nova Iguaçu, Paracambi, Queimados, São João de Meriti e Seropédica), pela Região Metropolitana 2 (Itaboraí, Maricá, Niterói, Rio Bonito, São Gonçalo, Silva Jardim, Tanguá), e por Petrópolis (maior cidade da Região Serrana do estado). Em 2014, estas localidades registraram 377.506 chamados para o serviço.

Trata-se de um sistema online, reconhecido pelo Ministério da Saúde. É responsável por organizar o atendimento na rede pública de emergência, através do número 192, que reduz o número de óbitos, tempo de internação e sequelas decorrentes da falta de socorro. Cada localidade pode ter o seu programa de regulação, acompanhando todas as fases do auxílio prestado em tempo real. Em relação ao número de chamados telefônicos, o CISBAF somou 278.409; enquanto a Região Metropolitana, 78.444; e Petrópolis, 20.653.

Hoje, o SAMU conta com rastreamento das ambulâncias envolvidas no atendimento, um importante avanço. Ganhou, com isso, mais eficiência na administração de seus gestores, técnicos, atendentes e médicos envolvidos. Permite uma visualização completa do quadro de atendimento dos veículos, otimização do tempo, economia de combustível, dentre outras vantagens que deixam o serviço mais eficiente para a os clientes ECO, com reflexos diretos positivos para a população atendida.

Segundo Rosangela Bello, secretária executiva do CISBAF, o SAMU é capaz de trazer estabilidade no tratamento de milhares de chamados mensais, sem panes ou interrupções do serviço por motivos técnicos. “Dele, tiramos informações preciosas para checar onde estão e como são as demandas de mais urgência. Para o gestor, trata-se de uma ferramenta de TI aplicada à realidade. Abrir uma tela de computador e ver uma ambulância se deslocando; assim como gerar relatórios deste mapa, são avanços em nosso trabalho”, elogia.

Para a população atendida, Rosangela analisa as melhorias que o sistema traz: “A população também agradece. Ela não entende de tecnologia, mas sente que é bem atendida todas as vezes que precisa de um aconselhamento médico, via telefone, ou assistência física onde está”, completa.

Fonte – Assessoria de Comunicação
This entry was posted in News. Bookmark the permalink. Follow any comments here with the RSS feed for this post. Comments are closed, but you can leave a trackback: Trackback URL.

Rua Dom Gerardo, 35 / 9º e 10º andares- Centro - Rio de Janeiro - RJ - Tel: +55 21. 3849-6100

Aguarde por favor...

Assinar ECO News

Receba todas as novidades da ECO Sistemas no seu e-mail! Digite seu nome e o seu e-mail.
Menu